segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Ter fé


Ter fé é afirmar minha fé em Deus, contrariando todas as forças interiores e razões exteriores.
Ter fé é recusar a inexistência de Deus, apesar de razoável.
Ter fé é desejar, com o ímpeto mais profundo da minha alma, que Deus exista.

Ter fé é seguir uma jornada em busca de Deus, tendo em mão um mapa em branco, sem qualquer inscrição.
Ter fé é querer me encontrar com Deus, sem auxílio de qualquer narrativa e prática religiosa.
Ter fé é embarcar numa jornada que só acabará quando minha vida terminar.
Ter fé é acreditar que vale a pena seguir essa jornada, mesmo sabendo que ela provavelmente não me levará a lugar algum.

Ter fé é não se conformar que Deus seja fundamentalmente uma ausência.

Ter fé é fazer da ausência de Deus a razão para um poema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário