sábado, 20 de julho de 2013

via da vida


Começa o dia
vai a vida.
Vem o dia
com mais dor,
menos dor.
Via tudo, via nada.

Segue o passo firme, fraco, cai.
Levanta. E vida não se desfaz, refaz.
Mais pessoas, menos pessoas.
Muito riso, muito choro.
Nada de alegria, nada de tristeza.
Num momento tudo, no outro nada.
Vida cheia, vida vazia, vida a encher.

Via a vida por uma via
que sempre se mexe e transforma.
Perde muito, ganha muito. 
Tem saudade, tem esperança.

Num dia, viu-se o fim da via da vida
que vai. _ Para onde? Não se sabe.

2 comentários:

  1. Brinque, perdoe e ame muito, pois essa vida é tão curta pra perdermos tempo com sentimentos destrutivos.

    ResponderExcluir
  2. "Se pudéssemos ter consciência do quanto nossa vida é passageira, talvez pensássemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidades que temos de ser e de fazer os outros felizes“.
    Autor desconhecido

    ResponderExcluir