segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Por que teologia do cotidiano?


A maioria das pessoas pensa em teologia como algo ligada à especulação e sem qualquer relação com a vida cotidiana. Esse pensamento tem sua justificativa. A ciência teológica se alimenta da especulação e vários monumentos teológicos estão circunscritos ao conhecimento acadêmico, com pouco, ou quase nenhum vínculo, com a vida cotidiana. Apesar de esse ser um modo de fazer teologia bastante comum e respeitado, o que me proponho a fazer nesse espaço é utilizar, na medida do possível, conteúdos da teologia acadêmica e aplicá-los a alguns aspectos de nossa vida ordinária. Pretendo construir um diálogo que mostre a praticidade e a vitalidade do prisma teológico para a leitura de eventos comuns da vida. Posso até não conseguir, mas esse é o alvo que sempre vai estar na minha mira. Convido você leitor a se juntar a mim nessa empreitada.

Sostenes Lima
@Limasostenes

4 comentários:

  1. Olá Sóstenes.
    Gostei da temática que você quer abordar. Podemos continuar acompanhando a sua tragetória. Siga em frente.

    ResponderExcluir
  2. Espero que você atinja seu objetivo, também acredito em uma teologia prática, que nos leva a pensar sobre a mesma em nossa vida cotidiana, e que nos leve a uma praxis diferenciada em nosso dia-a-dia. Boa sorte e que Deus o abencoe hoje e sempre.
    Kelly Salvador Lemos Santos

    ResponderExcluir
  3. Dorei a proposta, cunhado!!! Vc sabe que sou sua fã de carteirinha, né?! heheheh
    BJo

    ResponderExcluir
  4. pessoas como voce nos gera um conforto de que entre a teologia e a pratica simples de viver a fé não se chocam, pelo contrario se complementam e se completam.Continue neste propósito, precisamos disto. Saulo Sartre

    ResponderExcluir